Radiestesia

IMG_2524Radiestesia vem do latim radius e do grego aesthesis, significando sensibilidade às radiações. Esta ciência já era utilizada na pré-história. Encontramos alguns relatos na Bíblia do uso da “varinha” e nas tumbas do Vale dos Reis, no Egito, já foram encontrados instrumentos parecidos com pêndulos. No Brasil, os franciscanos foram os primeiros a torná-la pública.
foto-radiesJá se comprovou cientificamente que todos os corpos emitem radiações. A radiestesia utiliza alguns instrumentos, amplificadores destas vibrações, que são captadas pelo nosso Sistema Nervoso Central e emitidas ao instrumento através da sensibilidade neuromuscular. A ampliação deste fenômeno provoca uma reação: a movimentação de tais aparelhos.
A identificação das anomalias energéticas ocorre através da ressonância, ou seja, havendo sintonia entre dois eventos haverá um tipo de movimentação do instrumento. Sendo assim, se eu penso em energia elétrica  e você estiver sofrendo algum desequilíbrio de origem elétrica, o pêndulo irá se movimentar indicando-me que sim, há ressonância.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial